sábado, 31 de dezembro de 2011

Os heróis do Design segundo James Dyson


Há mais em James Dyson do que aspiradores. No site britânico da Dyson, pode ler-se uma biografia abreviada do próprio que se funde com a história da empresa e dos seus produtos. Todos os links em “inside Dyson” merecem leitura.

O designer que se retirou da direção do London Design Museum por ocasião de uma exposição de arranjos florais por achar que este se transformara num local de mera exibição de estilo em vez de sustentar a missão de encorajar o “design sério de produto fabricado” é também o autor da máxima “Design is intelligent problem solving”.

A visão de James Dyson pode ser melhor compreendida se considerarmos quem são os seus heróis:

1 - Isambard Kingdom Brunel
2 - Thomas Edison
3 - Wilbur and Orville Wright
4 - Richard Buckminster Fuller
5 - Sir Alec Issigonis
6 - Owen Maclaren
7 - ”Always make mistakes”
8 - Charles Goodyear

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A Conversation About The Good, The Bad, And The Ugly


Há precisamente 10 anos, na Wired discutia-se assim sobre Design. Uma mesa redonda a 25 vozes.
Arrisco dizer que a mesma discussão, a acontecer hoje, seria muito parecida se não exatamente igual. Fala-se de engenharia, de estações espaciais, da Apple/Steve Jobs, de complexidade, de tecnologia e do New Beettle (hoje seria o Mini ou o Fiat 500).

Paola Antonelli ainda no primeiro minuto: “People think that Design is styling. Design is not style. It's not about giving shape to the shell and not giving a damn about the guts. Good Design is a renaissance attitude that combines technology, cognitive science, human need, and beauty to produce something that the world didn't know it was missing”.

Leitura obrigatória aqui.